Olá! Deseja mais informações sobre nossos produtos?



DR. CONSIGO AUMENTAR MEU PÊNIS?




O tamanho do pênis sempre foi algo importante e preocupante para os homens. Desde a antiguidade, o homem mede suas forças e seu poder pelo tamanho da haste peniana. Isso pode ser observado nos desenhos de animais e esculturas da mitologia grega, por exemplo, onde o órgão sexual masculino sempre esteve presente.

Com o passar do tempo esse tabu se intensificou, o que dificultou o acesso aos cuidados especializados e a informação sobre tudo que é relacionado a esse órgão. A dúvida sobre o tamanho e até mesmo a insatisfação por não ser o “ideal” levam muitos homens a buscarem tratamentos milagrosos e que oferecem riscos à saúde.

A desinformação causa dúvidas e expectativas que muitas vezes não são alçadas, porém o mais preocupante são as consequências das “promessas milagrosas” que alguns sites/serviços/produtos prometem, como ressalta o médico Urologista especialista em Andrologia e Endourologia, Dr. Fábio Watanabe. “O uso indiscriminado de produtos pode causar sérios problemas à saúde”, disse.

Segundo Watanabe, o descontentamento com o tamanho do pênis é algo muito comum entre os homens. “O comprimento considerado normal na população brasileira fica entre 12 e 15 centímetros, quando medido de forma correta, ou seja, do púbis a glande”, esclareceu.

Ele explica ainda que, caso haja descontentamento com o tamanho do pênis, o indicado é buscar orientação de um profissional especializado, como o Andrologista. “Nunca realize procedimentos ou faça uso de medicamentos sugeridos por amigos, vizinhos ou parentes. Procure sempre um profissional que te indicará soluções baseadas em estudos científicos”, frisou.

A maior dúvida dos homens é se existe, de fato, algum medicamento ou procedimento cirúrgico que aumente o tamanho do órgão. De acordo com o Andrologista, cada homem nasce com um tamanho de pênis e isso não muda, porém ele salienta que há alguns medicamentos que melhoram a rigidez do pênis de homens que têm ereção parcial, conhecida popularmente como ‘meia bomba’. “No pênis há dois corpos cavernosos por onde entra sangue, que quando represado, produz a ereção. Cada homem tem seu tamanho de corpo cavernoso e isso não muda. O que a droga faz é ajudar o sangue a ficar represado no corpo cavernoso, melhorando assim a ereção. Procedimentos cirúrgicos para aumento e engrossamento peniano estão em estudo, mas ainda não foram liberados pelas sociedades internacionais de urologia”, esclareceu.

Patologia

Por se apegarem ao estereótipo, muito homens desconhecem que o tamanho do pênis pode indicar uma patologia. “A curvatura do órgão sexual masculino pode apontar a doença de Peyronie, uma lesão peniana causada normalmente durante a relação sexual ou atividade física. O pênis varia, de pessoa para pessoa, em forma e tamanho, e ter uma ereção curva não é necessariamente um motivo de preocupação. Na doença de Peyronie, a curvatura é significativa e pode ser acompanhada de dor ou interferir na função sexual. Alguns tipos de deformidades também podem sugerir um tumor peniano”, destacou.

Para Watanabe, independentemente de estarem satisfeitos ou não com o tamanho do pênis, o recomendado é que os homens passem por consulta preventiva pelo menos uma vez ao ano. (Karla Gigo)

BÔNUS SUPER DICA

Para vocês meus amigos que querem um algo a mais temos um excelente produto para vocês! O IMPACTUS proporciona uma sensação diferente nos órgãos genitais, causando um inchaço temporário.